Não mate a poesia. Todos os poetas a buscam e ela escolheu pousar em você.

segunda-feira, 4 de maio de 2015

Desabafos

Sobre o dia do trabalho (Por Claudia Vanessa Bergamini)
Hoje é o dia do trabalho! Na verdade, dia do trabalhador! Dia de lembrar-se daqueles que, por meio de suas reivindicações, tiveram suas vidas silenciadas. Ao que tudo indica, os tempos mudaram.... Mudaram? Será mesmo que os últimos acontecimentos envolvendo o (des) governo do Paraná e os professores são exemplos de mudanças. Ao se pensar sobre os valores atribuídos aos políticos brasileiros (e os paranaenses estão envolvidos) e os benefícios, no mínimo ridículos, como auxílio terno, é lastimável ao que se assiste. Um governador anseando tirar do trabalhador direitos conquistados de forma bastante sofrida. Um político por apenas dois mandatos pode se tornar um aposentado, cuja renda é bastante satisfatória. Um professor, e muitos outros profissionais, carecem de três décadas de trabalho para conseguir um valor que não é compatível com a contribuição, tampouco que lhe ofereça uma vida digna. Brasil, um gigante de povo adormecido, povo tomado por uma letargia que não permite ver aquilo que salta aos olhos. Deixemos de lado festas, carnaval, e tantas outras inúmeras atividades sem sentido e passemos a questionar, a votar com sangue nas veias, a exigir de nossos políticos as transformações de que o país necessita para, enfim, tornar-se uma nação que respeite o trabalhador.

Nenhum comentário:

Postar um comentário